Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

quarta-feira, 22 de março de 2017

Simples gestos

Foto minha




No silêncio do meu olhar
do meu abraço
Simples gestos
Carinhos 
que se sobrepõem a muitas palavras
E são tantas as vezes
que só  posso dar o meu silêncio.

Valorizar
Dar atenção
Enfrentar juntos
momentos difíceis
nesta vida perturbadora
que nos consome
que invade  sentimentos
e a alma.

Partilhar angústias
Lágrimas
Sorrisos
Abrir nossos corações destroçados
alivia  dores
transformando-as em esperança.

Amar
sem nada esperar
é o verdadeiro sentido da vida.
 


17 comentários:

AvoGi disse...

Lá dizia o Martinho da vila: eu quero dar eu quero dar ...
E receber e receber
Kis :=}

redonda disse...

Também me parece que é,
e é tanto.
um beijinho

✿ chica disse...

Que lindo! Adorei! bjs, chica

luisa disse...

Amar só par amar. É isso. :)

Rui disse...

Gostei muito, Adélia !
Tem sempre presente :

A "consciência" de uma planta no meio do inverno não está voltada para trás, para o verão que passou, mas para a primavera que irá chegar.
As plantas não "pensam" nos dias que já foram mas nos que virão. “

Beijinho

Janita disse...

Uma foto que me intrigou, Adélia. Esse clarão que se vê, no sentido oposto à lua, é de um incêndio? Há uma beleza misteriosa nessa noite de luar, fumo e chamas.
Quanto às tuas palavras, são uma referência ao amor incondicional e altruísta. Muito bonito.

Um beijinho

Maria Rodrigues disse...

Uma bela imagem e um belíssimo poema.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

redonda disse...

Passei para deixar um beijinho e desejar que esta seja uma boa semana
Gábi

Fernanda Maria disse...

Querida amiga:
Por amor damos tudo, até a vida.

Que nunca te falte essa entrega e coragem, mas tenta conservar dentro de ti a esperança de melhores dias.

Um beijinho solidário

Fernanda

O Toque do coração

Maria Rodrigues disse...

Minha amiga passei para desejar um excelente fim de semana.
Beijinhos
Maria

luar perdido disse...

Amar, apenas por amar, é o motor da vida. Nem todos são capazes de o fazer... Tu, minha querida flor, minha guerreira "incansável" tens esse dom contigo. Nunca o percas, mesmo quando a vida te empurra e faz girar em todos os sentidos.
Um beijo com muito carinho e força no teu coração

A Nossa Travessa disse...

Querida Adéliamiga

Amar sem nada esperar é o verdadeiro sentido da vida

Bastaria esta estrofe para nos agarrar ao poema que é lindíssimo. O reino do cinzento acompanha-nos todos os dias; por isso há que o tratar em todas as suas tonalidades entre o branco e o preto... Gostei. Gostei muito.

Em Goa onde passei (ámos) três meses as coisas não correram muito bem, antes pelo contrário; uns problemas de saúde (meus) - ainda que bastante graves (Ver abaixo sff) - deram origem a situação pouco feliz - que ainda persiste. Irei escrevendo quando tiver a cabeça mais arrumada...
Além disso no local não havia ligação Internet...

******

1 de Abril - Parece-me que vou melhorando da recaída que tive da depressão bipolar - com ela terei de viver até ao forno crematório, pois é doença incurável.

Vou pois andando devagarinho (sempre são 75 aninhos...) e um destes dias volto a publicar umas linhas. Aproveito para agradecer a todas/os que me acompanharam nestes momentos menos fáceis e sobretudo à Grande Mulher, a minha querida Raquel, que me amparou, cuidou de mim, amou como sempre, enfim teve a paciência de me aturar...

Da viagem nem vale a pena contar: 29:30 de Dabolim (0 aeroporto de Goa) até ao General Humberto Delgado, com paragens em tudo que era sítio, incluindo 9:30 de espera no aeroporto de Mumbai (antiga Bombaim…)
A Jet Airways – uma desgraça. Comida péssima, atendimento mau, tripulantes de cabina – trombudos. Em Paris (tínhamos pedido assistência pois continuo a ter dificuldades em andar) – não havia cadeiras de rodas suficientes e fartei-me de protestar; enfim veio uma – para mim – mas a Raquel que também tinha reservado outra teve de palmilhar que nem uma marchista... (de marcha, disciplina olímpica...) Enfim uma puta de uma viagem; não torno (amos) a cair noutra..



Qjs & abçs

Henrique, o Leãozão

São disse...

Amor é dádiva, sem dúvida.


Que ele esteja sempre presente na tua vida, meu bem

Abraço apertado, Adelinha

Maria disse...

Um beijinho grande

Fernanda Maria disse...

Querida amiga passei para te dar um beijinho solidário.

Fernanda

lis disse...

Oi florzinha
Bom estar de novo junto a ti_lendo apreciando curtindo me sentindo mais perto.
Partilhar é necessário e nos dá segurança pra enfrentar o dia a dia nem sempre tão feliz.Bonito poema.
Beijinho da
lis

redonda disse...

Passei para deixar mais um beijinho e desejar que seja uma boa semana
Gábi