Todas as fotos publicadas são de minha autoria, tiradas com telemóvel.

terça-feira, 17 de outubro de 2017

o meu silêncio

Não consigo descrever a dor que sinto :(( 

olhando para o que foi o "meu" pinhal de D. Dinis!


Foto de Pedro Baroseiro




Vou ficar em silêncio!



domingo, 15 de outubro de 2017

Um inferno

Foram algumas as vezes que aqui publiquei o "meu"  por-do-sol, visto da minha sala, assim como já comentei que vivo a 6 minutos do mar, separa-nos apenas o Pinhal de D. Dinis que à 4 h  está arder!

São Pedro de Moel está rodeado de todos os lados pelo fogo!







Desde as 15 horas que é esta a vista da minha sala!





Arde  parte da Marinha Grande e toda a costa desde Praia da Légua (Nazaré) São Pedro de Moel até à Vila e Praia da Vieira de Leiria e Pedrogão.

E a minha impotência que me deixa de rastos ao ver este inferno😒

Foto minha


Neste momento são 22,48 h é este o cenário visto da minha sala.

Junto às casas da minha cidade (Marinha Grande) 
já ardeu  uns 20 km da minha costa :(( 


sexta-feira, 13 de outubro de 2017

O meu sentir

Foto minha




Sigo o meu coração 
já muito enfraquecido
a ele sou fiel
e é nele que encontro 
o significado da minha existência
e da saudade que bate sem dó
a cada momento que me olho
ao espelho da vida.


quinta-feira, 28 de setembro de 2017

O meu sentir

Foto minha




O meu mar onde o sol se escondeu
no momento em que a melodia se instalou
convertendo-me ao silêncio
que guardo no sentimento da entrega 
 do significado da vida.





domingo, 17 de setembro de 2017

Meu sentir


Foto minha



Mesmo agitado o mar é lindo
uma das melhores terapias 
que me faz pensar com carinho
mesmo quando o medo e as duvidas 
provocam inquietação.

Embalam em suas ondas os meus pensamentos 
que me trazem à memória grandes emoções
enquanto ouço a sua bela melodia 
que se instala nesta praia semi-deserta
e um céu tão cinzento.





sábado, 16 de setembro de 2017

A dor da perda

Foto minha



André
Faz hoje oito anos que partiste
apenas com os teus seis mesinhos
e a dor da Avó continua
rasga-me o peito
sufoca-me de tão intensa que é
este aperto que não me abandona
Talvez por eu entender
que é contra a Natureza
a perda de um neto
ou filho.

É doloroso demais
perder alguém que amamos
é das piores dores humanas.

É difícil de suportar
a angústia que me abraça
quando recordo os teus olhos
o teu sorriso
os teus gestos
o teu palrar
aquela tua gargalhada
que na mente da Avó está gravada.

Os meus olhos
só conseguem ver-te
no reflexo das minhas lágrimas
a Avó nunca irá desistir de te amar
no meu coração continuarás presente
e lá ficarás
para todo o sempre.

 

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

O "amanhã" do post anterior

"amanhã" que não conseguia pensar.

Foto minha




Acho que simplesmente, eu não QUERIA pensar
talvez porque era forte o medo 
do que podia ouvir nesse "amanhã".

O mesmo medo que me acompanha
 como as palavras da médica batem forte
provocam uma dor enorme
ao ouvir naquele "amanhã"

"Não podemos fazer o auto - transplante da medula
não há valores, ela já não produz nada"

No consultório
um silêncio misturado com dor
a médica não indiferente
 disse 
"também eu estou triste 
e neste momento não sei mais que fazer
vou reunir com outros médicos
até lá aguardamos"

E sim
estamos aguardar 
que possa existir alternativa
um outro tratamento qualquer
momento após momento
uma angustia enorme
e com aquele nó no estômago
que estrangula a respiração.

e assim estamos aguardar.

domingo, 27 de agosto de 2017

O meu sentir

Foto minha




Não consigo pensar no amanhã
talvez por ser um mistério 
mas queria tanto poder acreditar
que me presenteasse 
com coisas boas para o viver.



segunda-feira, 31 de julho de 2017

O meu sentir

Foto minha





São algumas as vezes
que prometo a mim própria não chorar
mas tenho momentos 
que não resisto em usar os meus olhos
e transbordo os meus sentimentos
em forma de lágrimas.

Preciso de chorar
em determinados momentos
é a única forma de libertar
diversos sentimentos acumulados
alguns muito machucados
que habitam no meu coração.



quarta-feira, 19 de julho de 2017